O que 8 executivos fazem pela manhã para ter um dia mais produtivo

O que 8 executivos fazem pela manhã para ter um dia mais produtivo
março 20 22:06 2014 Print This Article
As primeiras horas do dia são importantes para a sua produtividade. Saiba como aproveitá-las melhor.

As primeiras horas do dia são importantes para a sua produtividade. Saiba como aproveitá-las melhor.

São Paulo – Você é daqueles que pensam que o que você faz antes de começar a trabalhar não influencia na sua produtividade? Pois então mude de ideia, e de comportamento, agora mesmo.

Saiba que se você aproveitar bem as suas manhãs poderá resolver melhor os problemas que surgirem ao longo do dia, além de conseguir planejar com mais facilidade as horas que se seguem.

De acordo com Laura Vanderkam, autora do livro “What the most successful people do before breakfast”, depois de uma boa noite de sono você tem mais energia, sendo uma boa hora para cuidar das suas prioridades, fazer exercícios ou pensar em novas estratégias.

EXAME.com entrevistou profissionais de sucesso para saber o que eles fazem assim que levantam para ter um dica mais produtivo.

Maurício de Sousa

Maurício de Sousa

À frente da Maurício de Sousa Produções, o criador da Turma da Mônica tem uma regra: ao acrodar não fala sobre as obrigações do dia para que não ter estresse. “Faço isso para chegar vazio ao trabalho. Pode parecer utópico, mas dá certo”, diz.

Para que nada interfira negativamente em seu dia, Sousa já tem uma rotina definida. “Acordo por volta das 7h30 e a minha primeira tarefa é levar o meu cachorro para o jardim. Ele é uma boa forma de fazer com que o meu dia seja ainda melhor. Aposto, também, em uma alimentação leve, com frutas, vitaminas e lanches, e gosto de bater papo com a minha família”, revela.

A ginástica também faz parte da sua rotina, dia sim, dia não. Hoje, com 77 anos, ele tem, ainda, outro lema: “Sou igual aos meus personagens, não durmo com problemas”, finaliza.

Acácio Queiroz

Acácio Queiroz

O CEO da Chubb Seguros começou a trabalhar aos 11 anos. Desde então, criou uma rotina antes de colocar a mão na massa que lhe ajuda a levar as obrigações do dia a dia. “Logo que acordo, agradeço por mais um dia e fico cerca de 20 minutos orando, pedindo para que os sentimentos de rancor não permaneçam”, diz.

Para ele, esse é um momento que permite que as energias positivas fluam. Nos 30 minutos seguintes ele checa os e-mails, pois assim não precisa gastar tempo com essa atividade quando chega ao trabalho. Mas o que ele não abre mão é de sua leitura matinal. “Todos os dias separo cerca de 1 hora para ler o jornal e livros voltados para a minha área de atuação.”

Sergio Chaia

Sergio Chaia

Para o presidente da Nextel, estar com a família na parte da manhã é extremamente importante. “Faço questão de tomar café da manhã junto com minha esposa e meu filho. Esse é um momento essencial para me preparar para o trabalho”, diz.

Ele também dá importância ao lado espiritual, reservando as primeiras horas do dia para cuidar da mente e do bem-estar. “Faço meditação acumulativa, que é recitar um mantra muitas vezes para que isso desperte outros níveis de consciência e para que eu possa ativar canais de sabedoria”, conta.

Fillipo Pedrinola

Fillipo Pedrinola

O médico que está à frente do programa de wellness no Spa Cidade Jardim e do Spasíssimo, do Hotel Casa Grande (Guarujá), gosta de estar totalmente presente e atento durante o atendimento a seus pacientes. “Acordo às 7 horas, leio os jornais enquanto tomo café e depois medito durante 20 minutos para aumentar o meu foco e a minha atenção em cada atividade que fizer durante o dia. Duas vezes por semana faço 1 hora de pilates antes de iniciar os atendimentos”, diz.

Essa rotina começou em 2007, quando ele estudou de que forma os pensamentos e sentimentos como raiva, medo, ansiedade e depressão afetam o corpo e levam às consequências do estresse crônico. “Após isso, passei a me dedicar à medicina mente-corpo, tanto para mim como para os meus pacientes.”

size_590_Julio-Vasconcellos

Julio Vasconcellos

A atividade física também é a estratégia do co-fundador e CEO do Peixe Urbano. “Nas primeiras horas do dia, dou uma olhada nos e-mails e na agenda, bebo um suco de laranja e vou para o escritório, lendo o jornal. Mas algumas vezes por semana, quando o sol e a agenda colaboram, vou correr na praia. Quando consigo fazer isso, sempre começo o dia com mais disposição”, revela.

Isso é importante porque a agenda dele é sempre atribulada. “Os meus dias geralmente são repletos de reuniões. Muitas vezes, aproveito até o jantar para fazer algumas delas”, conta.

Eduardo Barella

Eduardo Barella

A corrida é ainda a alternativa do CEO da Progen Eduardo Barella. que faz exercícios físicos todos os dias. “Como essa é uma atividade solitária, serve também como um momento de reflexão para a carreira e para as decisões estratégicas a serem tomadas”, diz.

Além disso, a escolha de Eduardo está relacionada a sua agenda complicada, já que ele sempre está viajando. “Decidi pela prática de exercícios físicos porque posso realizá-los em qualquer lugar do mundo, dado que de 2 a 3 dias por semana estou fora”, revela.

A rotina, que faz parte de sua vida há cinco anos, traz também mais disposição para enfrentar a jornada de trabalho.

Leonardo Cirino

Leonardo Cirino

Leonardo Cirino, diretor de marketing do CNA, também usa os exercícios físicos logo cedo para ficar mais disposto. “Procuro correr ou ir à academia de manhã. Isso faz com que o meu dia renda mais, meu equilíbrio emocional fica muito maior e, intelectualmente, também sinto diferença”, diz.

Leonardo passou a investir nessas atividades há seis anos, e não se imagina sem elas. “A maior parte das minhas ideias vem quando estou fazendo algum exercício”, conta. Para ele, as pessoas devem ser mais conscientes do que fazem assim que acordam para terem melhores resultados. “Muita gente acorda, nem se alimenta direito, e voa para o trabalho, sem se dar um pouco de tempo.”

Roberto Nascimento

Roberto Nascimento

Roberto Nascimento, triatleta e CEO do portal Imovelweb, é outro exemplo de como a atividade física ajuda na carreira. “Faço triatlo há mais de 20 anos e ao longo do tempo tive que conciliar o treino com outras prioridades”, conta.

Ele acorda às 6 horas para poder treinar por duas horas. A rotina puxada como atleta influenciou também em sua carreira. “Treinar para uma prova exige planejamento, disciplina, foco e adaptação, assim como no trabalho.”

MAIS SUCESSO no facebook

 

logo

AnjoMob a proteção para sua familia, 

 

view more articles

About Article Author

Fernando
Fernando

Consultor e empresário Fernando Francisco , que atua na área de comunicação e de tecnologia de informação. Formado em TI, se especializou em administração e na implantação de soluções e de sistemas de gerenciamento e controle de produtividade . Atua a vinte anos como consultor de empresas e palestrante, dedicando atualmente os seus temas na área de orientação administrativa para pequenas empresas e a iniciativas empreendedoras .

View More Articles
write a comment

0 Comments

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Add a Comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.