VOCÊ ESTA SENDO RASTREADO…

VOCÊ ESTA SENDO RASTREADO…
janeiro 05 11:32 2014 Print This Article

noticiaRastreamento de clientes pelo celular chega a lojas do Brasil. Veja como o esquema funciona:

Todo internauta sabe, ou deveria saber a essa altura, que sua atividade on-line é monitorada por lojas e anunciantes. Páginas visitadas, cliques, pesquisas, tudo é usado para entender um comportamento e exibir o anúncio certeiro –e assim, claro, aumentar as vendas.

A start-up brasileira Gauzz quer dar o mesmo poder às lojas físicas tradicionais, implementando sensores que rastreiam por onde os clientes andam e o que fazem quando estão comprando.

O sistema usa sensores para registrar a passagem de qualquer smartphone que esteja com o receptor de wi-fi ligado –mesmo que ele não esteja conectado a uma rede.

Os dados dão origem a estatísticas que permitem ao lojista ver informações como o tempo médio que os clientes passam dentro da loja, qual a seção mais visitada, quantas vezes por semana um consumidor volta, entre outros.

Nos EUA, a Nordstrom, tradicional rede de varejo, testou secretamente por meses um sistema similar. Quando a iniciativa se tornou pública, gerou críticas sobre privacidade.

Para Thiago Balthazar, 25, fundador da Gauzz, as preocupações são infundadas. Ele diz que os dados são anônimos e os roteadores não capturam informações pessoais, apenas uma sequência numérica que identifica o aparelho, mas não seu dono.

“A gente já é rastreado de jeitos muito mais invasivos […], com câmeras de vídeo, por exemplo”, compara Eduardo Gomes, executivo da empresa Semma, que ajudará na implantação do sistema em lojas no país.

Mesmo assim, a Nordstrom anunciou a retirada do sistema poucos dias após a repercussão negativa.

Para evitar polêmicas por aqui, a Gauzz vai oferecer uma opção para quem não quiser ser seguido, mas avisar os clientes sobre a existência da vigilância será função dos lojistas.

O sistema está sendo testado em um shopping de Sorocaba, interior de São Paulo. A previsão é que comece seja vendido para lojas em breve.

LEI BRASILEIRA

Segundo Carlos Affonso de Souza, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade da FGV-RJ, não há regulamentação para o sistema no Brasil.

“A que mais se aproxima é o Código de Defesa do Consumidor, que trata da coleta e do armazenamento de dados pessoais”. diz. Elaborado em 1990, contudo, ele não dá conta das novas tecnologias.

Para Souza, a regulamentação pode vir do projeto de Lei Geral sobre Dados Pessoais, mas ele está em consulta pública e ainda nem tramita do Congresso.

Procurado, o Procon-SP disse que estudará a questão antes de dar parecer.

 

Fonte: Folha/Tec

view more articles

About Article Author

Fernando
Fernando

Consultor e empresário Fernando Francisco , que atua na área de comunicação e de tecnologia de informação. Formado em TI, se especializou em administração e na implantação de soluções e de sistemas de gerenciamento e controle de produtividade . Atua a vinte anos como consultor de empresas e palestrante, dedicando atualmente os seus temas na área de orientação administrativa para pequenas empresas e a iniciativas empreendedoras .

View More Articles
write a comment

1 Comment

  1. José Lincoln
    janeiro 09, 11:18 #1 José Lincoln

    Sou corretor de imóveis, achei muito interessante o rastriador. Fico em stands de vendas. Teria como eu Ligar o rastriador no meu carro enquanto estivesse de plantão no stand??? Gostaria de mais inormações!!. O rastredor pode ser ligado a bateria???

    Desde já agradeço,

    José Lincoln

    Reply to this comment

Add a Comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.